Boas pessoal eu superplayer estou aqui a fazer vídeo de Anthem.  Inicialmente Este jogo não pareceu ser uma boa ideia por parte da EA Games eu tive acesso a Beta e de tudo o que experimentar muito me parecia errado. Um dos pontos mais críticos seriam os loadings exagerados que nos faziam esperar por vezes 4 a 5 minutos por uma partida.

Esperei então o lançamento do jogo para poder fazer então uma ideia mais concreta e ver o que a EA Games corrigiu até ao lançamento.

Devo ressalvar o facto de este jogo ser tão parecido com Destiny 2, quem vir este jogo,  inevitavelmente vai lembrar-se de Destiny 2 e não é para menos. A nível gráfico e a nível de jogabilidade os jogos são muito similares, apesar de ter algo que gostaria bastante de ver no jogo Destiny 2 estou a referir-me à vista em terceira pessoa.  Mas não estou aqui para falar de Destiny 2 mas sim do jogo Anthem da EA games.

A história do jogo chega a ser bem preguiçosa e não elaboram muito toda a trama do jogo. Os diálogos são muito aborrecidos e os jogadores podem ficar tentados a passar algumas cinemáticas a frente. A história do jogo não chega a prender os jogadores e não posso dizer que tenha ficado apaixonado por alguma personagem do jogo que me tenha marcado de alguma forma.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

A Sony é conhecida pelos seus exclusivos de grande qualidade e o seu passado tem jogos como The Last of Us, Horizon Zero Dawn, Detroit: Become Human e muitos mais. Desta vez temos o jogo Days Gone que chegará as consolas a 26 de Abril de 2019 e que promete ser mais um jogo de extrema qualidade.

No decorrer do mês de Fevereiro a nossa equipa foi convidada para testar o jogo, digamos que foi um hands-on que durou quase 2 horas e que deu para ver muita coisa. Este teste foi feito em conjunto com o meu amigo e streamer "TozeMassas" e na nossa opinião é que teremos aqui um jogo muito mas muito top.

Vamos tentar falar um pouco sobre o jogo mas sem tocar em pontos sensíveis, afinal de contas não queremos falar de nada que possa comprometer a vossa experiência no decorrer da história.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Muitos são os que me têm pedido a review do jogo Resident Evil 2 Remastered.  Assim sendo não me sobra muitas opções e aqui vai a review the Resident Evil 2.

Resident Evil foi um dos jogos que se tornou um marco na história dos videojogos de survival horror.  Este jogo foi um dos que mais aterrorizantes foi na época em que foi lançado por que tinha recursos bastante limitados (armas e munições) o que fazia com que por vezes fossemos obrigados a fugir criando assim uma estratégia para poder avançar no jogo.  O ambiente do jogo era bastante tenso a banda sonora bastante pesada e a nível gráfico o jogo era bastante cinematográfico.  Um dos melhores jogos da série e por isso teve agora direito a um remastered.

Antes de avançar com esta review devo dizer que este é um Remake que teve um enorme respeito pelo título original. É um trabalho com uma enorme qualidade gráfica, com um enorme qualidade de som e sem dúvida continua a deixar-nos bem angustiados a cada segundo dentro do jogo.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Red Dead Redemption 2 chegou ao mercado e as espectativas eram muito altas, espectativas tão altas que poderiam não ser alcançadas.

Red Dead Redemption 2 é o primeiro trabalho feito depois do grandioso GTA V, ou seja, já não lançavam nenhum jogo novo a 5 anos. O jogo Red Dead Redemption 2 levou 8 anos a ser produzido e posso desde já dizer que foram 8 anos que acabaram numa aventura incrível pelo velho Oeste.

Este novo título da RockStars envontra-se disponível apenas para PS4 e Xbox One e será lançado mais tarde para o PC tal como aconteceu com o GTA V.

O jogo…

O novo título de Red Dead Redemption 2 passa-se no ano 1899 e coloca o jogador na pele de Arthur Morgan. Este período do Velho Oeste é conhecido como o inicio do declínio do Velho Oeste americano.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Football Tactics & Glory é um jogo bem diferente dos habituais jogos de gestão de equipas. Este jogo combina a mecânica de turnos com um simulador de futebol. Está bem interessante e faz lembrar os jogos de estratégia de turnos.

A ideia é crescermos desde as ligas amadoras e tentar chegar as ligas profissionais passando por torneios internacionais. Temos de treinar a nossa equipa, comprar e vender no mercado de transferencias , melhorar o estádio, fazer investimentos em jogadores mais jovens e contratar novos treinadores de forma a tornar a nossa equipa mais forte.

O jogo inicia com a nossa escolha de país, clube, kit e patrocinador. As equipas são muito idênticas as da vida real, mas infelizmente também têm problemas com as licenças, felizmente podem ser personalizadas e modificadas de forma a se parecerem com as nossas equipas favoritas.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Todos os anos temos um novo titulo de Football Manager e todos os anos ficamos na ideia de que não haverá mais por onde eles possam fazer o jogo evoluir. O que é certo, é que eles nos surpreendem a cada novo título com uma nova jogabilidade e com novas dinâmicas que vêm mostrar que o jogo melhorou muito.

Este ano temos algumas melhorias de peso, uma delas é a mudança do design do jogo (apesar de achar que essa mudança é meramente estética). Mas o jogo teve muito mais alterações que recriam o dia-a-dia de um clube de futebol, não é a toa que este continua a ser o melhor simulador desportivo do mercado.

Ao que parece a Sports Interactive deu ouvidos aos fãs de Football Manager e fez um investimento dos seus recursos em duas áreas especificas do jogo, estou a falar dos treinos e das tácticas de jogo.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Call of Duty Black Ops 4 e mais um jogo da franquia de COD e é produzido pela Activision.
Este título é provavelmente o mais ambicioso que vimos nos últimos anos, apesar da falta do modo história do jogo.
Até conseguimos entender o facto de não termos um modo história, tendo em conta que BO4 acaba por se focar no modo multiplayer, no modo zombies e modo Blackout. Assim sendo temos de admitir que o jogo vale o preço que nos é cobrado.

 Eu sou daquelas pessoas que gosta de um bom modo história e apesar de este jogo não ter um modo história tenho de admitir que o modo Blackout faz com que o jogo seja muito divertido e nos faz esquecer facilmente a ausência do modo história.


Com a ausência do modo história que normalmente é baseado em missões Call of Duty Black Ops 4 tenta unir os jogadores ao redor do multijogador e de uma série de missões tutoriais que fazem a introdução ao jogo.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Sejam bem-vindos a mais uma review da Strong Player, desta vez com a review de Shadow of the Tomb Raider.

Após dois títulos saídos da mente criativa de Crystal Dynamics, eis que chega a hora de passar o último título da trilogia para a Eidos Montereal.

Na mais recente  aventura da série, apresentam-nos  Lara Croft mais madura mas também mais obscura.  Em 2013 conhecermos a origem Lara Croft, em 2015  foi-nos mostrada uma Lara Croft em conflito com a Trinity,  agora em 2018 é nos apresentada uma personagem mais madura e não tem medos.

Acho que a maior evolução  este título a evolução da focado na sua personalidade.  Se em tempos vimos uma Lara que era vítima de todas as aventuras e confusões que envolviam o seu pai, em Shadow posso dizer que temos uma Lara que mais parece um vilão.

Lara Croft está mais crescida mas não consegue esquecer o seu passado e as circunstâncias que lhe tiraram o seu pai, ela parece estar disposta a saciar a sede de vingança e encontrar os culpados.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Sejam muito bem-vindos a mais uma review da Strong Player, desta vez com Spider-Man.

Esta foi uma review que eu adorei fazer, pela primeira vez joguei um jogo de Spider-Man que eu posso dizer que está fantástico.

Em primeiro lugar porque este personagem de Spider-Man já é um personagem um pouco mais velho do que estamos habituados a ver nos filmes.

Estamos a falar de um Peter Parker mais adulto, um personagem que já tem o seu próprio emprego, já não estuda e que tenta ajudar a cidade com os seus poderes sempre tendo em conta que "grandes poderes acarretam grandes responsabilidades".

Já não estamos a falar de um Spider-Man imaturo, estamos a falar de um adulto, de uma personagem que já tem a sua própria personalidade, que já pesa os prós e os contras de forma a tomar as melhores decisões.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Da produtora do jogo Life is Strange, chega ao mercado o jogo Vampyr, um jogo baseado no universo dos vampiros e que nos promete uma nova visão neste estilo de jogos.

Vampyr tornou-se rapidamente um dos jogos mais esperados por muitos, já eu, mantive-me séptico até ao dia do lançamento.

Assim que iniciamos o jogo as duvidas começam a crescer. Estamos próximos de Londres e acordamos numa pilha de corpos. No mais io de todos estes corpos um acaba por se levantar, estou a falar da personagem do jogo, Jonathan Reid. Neste momento Jonathan não sabe bem o que se passa até ao momento em que vê alguém. A nossa personagem ainda nem conseguiu recuperar os sentidos mas é possível perceber que a pessoa que Jonathan vê está feliz por vê-lo. Neste exato momento Jonathan só consegue pensar no sangue que corre nas suas veias e no acelerar do coração.

Jonathan é agora um vampiro, acabadinho de transformar e tem uma sede de sangue gigantesca. Apesar de tudo isto, o seu lado humano ainda prevalece e a sua mente continua intacta.

É nesse momento que Jonathan percebe que tinha acabado de morder e matar a sua própria irmã.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
Voltar ao Topo
Template by JoomlaShine