Saints Row: The Third já tem cerca de nove anos e continua a ser um jogo divertido de jogar, pena que por vezes chega a ser cansativo.

O problema é que os jogos de hoje em dia levam-se demasiado a sério, e Saints Row: The Third não.  O jogo parece uma espécie de sátira aos jogos da atualidade e se o jogador levar isto tudo muito na brincadeira acaba por se conseguir divertir muito.

História…

Para quem acaba de conhecer este jogo aqui vai um pequeno resumo… Saints Row: The Third segue a história de uma quadrilha de criminosos conhecidos como 3rd Street Saints. Eles são uma espécie de rock stars de Hollywood, e mesmo a roubar bancos , carros ou a bater em velhinhos eles acabam por ser ícones. Eles até têm a sua própria marca de bebidas energéticas.

Mas tudo isto acaba por ir por água abaixo quando nos primeiros minutos de jogo eles fogem de uma aeronave em queda após terem sido capturados por uma equipa rival.

Eu diria que a missão inicial acaba por definir toda a balbúrdia do restante jogo.

Logo no início do jogo vamos estar na pele do chefe dos Santos e vamos cair numa cobertura onde iremos defrontar um gangue rival, mas não temos onde nos esconder, então vai ser  como correr pelo meio das balas abatendo um a um. Tenho de admitir que chegou a ser bem divertido.

Gráficos e Som…

Eu diria que a remasterização até correu razoavelmente bem. O jogo conta com modelos de personagens novos, carros, armas e até mesmo o sistema de iluminação parece bem melhor.

Infelizmente apesar de tudo o que foi feito nada consegue apagar os castanhos e cinzas da última geração da cidade.

A nível das trilhas sonoras, não posso dizer que seja uma sinfonia, mas acaba por ser uma companhia no jogo e cria um certo ambiente. Os efeitos sonoros, neste ponto acho que alguns efeitos estão um pouco ao lado.

Jogabilidade...

O decorrer do jogo é feito de missões bastante básicas tendo em conta que a nossa personagem tem mega poderes que iriam fazer a equipa inteira dos Avengers corar.

O jogo é cheio de missões e side questões bem básicas e acredito que não é suficiente para criar ondas no ano de 2020.

Conclusão…

Saints Row: The Third até é um jogo divertido, mas infelizmente acaba por se tornar cansativo ao fim de pouco tempo. As missões são muito repetitivas e a facilidade com que terminamos a grande maioria chega a ser absurda.

Em relação aos controles, estes são um pouco instáveis e diferentes dos utilizados na última geração de consolas.

Lamento que apesar de terem sido feitas melhorias no jogo ele não tenha conseguido melhor do que atividades entediantes e uma jogabilidade básica.

 

 

Nota: 06/10

Positivo…   Negativo…
Alguns momentos engraçados.   Design de jogo básico.
Algumas missões interessantes.   Atividades paralelas aborrecidas.
Cooperação online divertida.   Controlos desajeitados.