Boas pessoal esta é a review do jogo The Division 2. ,  muitos foram os que me perguntaram onde estava a review do jogo The Division 2 muitos dos que me seguem sabem que eu sou um fã da série e queriam saber qual a minha opinião.  Eu não poderia simplesmente deixar que o jogo saísse julgava 1:00 e depois lançava a review isso seria um erro gigantesco tendo em conta a dimensão do jogo.

Assim sendo e com mais de 40 horas de jogo vou então lançar a minha review dando a opinião que tenho deste jogo tal como se encontra neste momento.
História...
Para quem seguiu o jogo The Division sábado que a anterior história se passou em Manhattan,  o ataque químico fez com que mande Ratão ficasse debaixo do Caos Onde foi necessário ativar a divisão de forma a tentar recuperar Manhattan e repor a lei.
Desta vez encontramo-nos em Washington DC,  e tudo nos diz que se Washington DC cair, todos os Estados Unidos vão cair junto.
Washington DC está à beira do colapso e tudo indica que um Golpe de Estado se aproxima. A anarquia e instabilidade ameaçam a sociedade e só com a ajuda dos Agentes da Divisão a cidade pode ser salva evitando assim o caos.
Nós somo um membro ativo da Divisão, um grupo altamente treinado formado por agentes civis que são a ultima esperança.
D.C. está em risco e depende do sucesso destes agentes da Divisão e das suas habilidades únicas.
Gráficos...
Antes de mais nada temos de falar sobre a cidade. Ao contrário do jogo anterior, The Division 2 conta com a representação a escala real da cidade, tornando assim o jogo mais autentico e permitindo que sejam vistos pontos de referencia dentro do mapa como monumentos e paisagens naturais. O mapa foi muito bem concebido e isso dá uma qualidade extra a qualquer jogo.
A cidade de Washington é bem mais detalhada e viva, as ruas estão recheadas de lixo, itens, carros, autocarros, inimigos, aliados e vários animais como cães e veados.
O jogo conta com um sistema dinâmico de dia e noite onde também o clima é bastante dinâmico, temos manhãs radiantes, por vezes envoltas em nevoeiro, temos noites carregadas de chuva e trovoada e por vezes até tens tempestades de areia.
Jogabilidade...
A jogabilidade The Division está incrível, é certo que tem alguns pormenores ainda a corrigir mas sem dúvida que é um jogo que os jogadores vão adorar conhecer.  Em termos de exploração existem várias garagens, lojas, prédios, cafés, monumentos, esgotos e praças para poderem visitar sem ver em um único loading.  Importante quando não temos um loading a interromper a jogabilidade do jogo.
Para os que não conhecem o jogo The Division este é um jogo de tiro em terceira pessoa onde o jogador poderá passar a maior parte do seu tempo em cobertura.  Os tiroteios são bons, as mecânicas de cobertura funciona muito bem e os movimentos das personagens são excelentes permitindo saltar por cima de muros, mesas, carros e outros objetos que se encontram à nossa frente.
Os nossos inimigos são agora mais inteligentes e atacam em força,  a inteligência artificial dos mesmos está muito mais desenvolvida E agora teremos que ter muito cuidado para que os nossos inimigos não nos flanquearem.  Os próprios bosses do jogo também obrigam a que os jogadores que costumam usar mais a arma de sniper tenham de estar também em movimento constante. Um dos grandes exemplos é um Boss que tem no jogo que anda armado com uma marreta e que corre atrás dos jogadores a fim de lhes acertar com ela causando assim um grande dano. Mas existem outros inimigos que nos obrigam a abandonar a cobertura, temos por exemplo inimigos que lançam carrinhos telecomandados explosivos ou com outras habilidades semelhantes, existem os bombistas suicidas que se aproximam explodem e muito mais. Ainda bem que este jogo tem uma variedade enorme de inimigos fazendo assim com que tenhamos que combinar constantemente a troca de armas de forma a os poder abater mais facilmente e não sermos derrotados. Afinal de contas se não fosse esta variedade enorme de inimigos o jogo facilmente entraria num ciclo repetitivo e os jogadores iriam abandonar este jogo rapidamente.
Progresso...
The Division 2 dá-nos uma sensação de progresso incrível,  principal base de operações é a Casa Branca, é desse ponto que podemos fazer vários tipos de evoluções tanto na nossa personagem como no nosso equipamento e armamento.  Na casa branca também teremos o espaço para iniciar o confronto (partidas PVP) e as RAID's.
Temos também espalhadas várias bases de operações e pontos de controlo.  No que toca as bases essas não podem ser conquistadas pelo inimigo,  já em relação aos pontos de controlo, esses podem ser conquistados pelo inimigo mesmo que já tínhamos conquistado anteriormente esse posto. Este sistema faz com que o jogador não tome estes pontos de controlo por concluídos, podem ter de conquistar o mesmo ponto de controlo varias vezes no espaço de poucas horas.  Conforme vamos conquistando pontos de controlo e limpando eventos que se encontram espalhadas pelo mapa a intensidade de inimigos espalhados pela rua começa a ser cada vez maior. Isso dá ao jogador um objetivo para que continue a progredir na evolução da sua personagem e a procurar novo loot de forma a evoluir os seus gear e as suas armas. Existem vários eventos espalhados por todo o mapa e esses eventos estão constantemente a aparecer para que o jogador tenha sempre algo para fazer, existem eventos como execuções, pontos de controlo que foram novamente conquistados, eventos de propaganda onde áudios de informação são desligados e nós temos que os ligar novamente e muito mais.
Dark Zone...
A Dark Zone esta de volta, ou melhor as Dark Zone. A tão amada Dark Zone encontra- se agora dividida em três e apesar de mais pequenas acabam por fazer com que os jogadores tenham mais loot mas também mais confrontos com outros players. Dentro de cada área de Dark Zone temos 2 a 3 pontos de extração.
Iremos encontrar vários tipos de ítens espalhados pela Dark Zone, uns podem ir logo para o inventario (normalmente provenientes de caixas), outros tem de ser extraídos (normalmente provenientes de NPC's e Bosses).
Os Bosses são os que dropam itens mais interessantes apesar de por vezes não serem nada de mais...
Das três áreas de Dar Zone uma delas encontrasse sempre invadida, assim sendo os inimigos são sempre mais fortes e a quantidade de outros player é sempre maior. As Dark Zone invadidas têm itens mais fortes do que as outras dark Zone fazendo com que seja uma das áreas mais procuradas por jogadores que procuram bom loot.
Conclusão...
The Division 2 está melhor do que The Division e é também mais complexo no que toca à criação de builds, agora temos de equilibrar as nossas builds entre Talentos, Mods, Atributos e Classe tendo sempre em conta a nossa especialidade. Dito assim parece não ser tão complicado, mas como só podemos alterar um único ponto dentro de cada equipamento, então as coisas complicam muito mesmo.
Seria tolo pensar que um jogo destes não teria qualquer tipo de bug, é sem duvida um jogo com vários bugs mas felizmente já foram corrigidos muitos desses problemas. temos personagens a ficar presas nos cenários, inimigos que ficam presos em zonas que não nos permitem aceder a eles e consequentemente não podemos terminar as missões, texturas que não carregam ou que levam uns segundos a carregar e muito mais.
Mesmo assim o facto de trazer tantos problemas não impede os fãs de jogarem um jogo pelo qual tanto aguardaram.
Posso dizer que me diverti imenso a jogar a campanha do jogo, tanto a solo como em grupo.
The Division 2 não veio revolucionar a franquia mas sim trazer uma organização diferente e dar um refresh com um novo titulo e um novo mapa.
Tenho de assumir que tanto a narrativa como as perso agens do jogo são desinteressantes, afinal de contas é só mais uma infeção que mata pessoas, mas a história que os jogadores vão criar ao jogar em grupo, essa é a historia que vale a pena experiênciar.
Posso dizer que The Division pode ser um dos melhores shooters de terceira pessoa da atualidade. É altamente recomendável.
 

1:9/10

 

Positivo…   Negativo…
Ambiente de jogo muito detalhado.   História aborrecida.
Tiroteios fantásticos.   Ciclo repetitivo de jogabilidade.
Variedade de inimigos   Alguns problemas de "colisão".
Sistema de loot muito recompensador