Já á algum tempo que os jogadores aguardavam por este jogo, e finalmente já podem deitar mãos no jogo numa versão melhorada de um dos jogos mais aclamados de todos os tempos.

Infelizmente não tivemos acesso a este jogo logo na altura do seu lançamento, mas agora podemos dar a nossa opinião sobre este glorioso jogo.

Para quem jogou o clássico em 2006, afinal foi só nesta altura que o jogo chegou a Europa, já sabe o que esperar do jogo. O jovem Wander viaja por uma terra proibida na sua égua Agro para poder salvar a vida de uma donzela de nome Mono.

Para começar parece-me uma simples mas bela premissa, e assim que vamos avançando no jogo percebemos que as coisas são ainda melhores do que parecem.

As coisas inicialmente são só estranhas, assim que chegamos a um templo que se encontra parcialmente em ruinas, iremos receber ordens de uma entidade que iremos conhecer como Dormin. Essa entidade vai ajudar-nos na nossa aventura, ela informa-nos que iremos ter de derrubar os 16 Colossus que se encontram espalhados pelo mundo, isso se quisermos ver o nosso desejo atendido.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Este é o novo jogo da Housemarque, o estúdio que desenvolveu o jogo Resogun. Matterfall é um jogo bem diferente desse título, misturando disparos com recurso aos dois analógicos, com uma componente bastante forte de jogo de plataformas, acompanhado de musica techno e muito espetáculo de luzes e flashes no ecrã.

Matterfall passa-se num possível futuro onde a raça humana ficou dependente de uma tecnologia desconhecida que poderá trazer graves problemas.

Em Matterfall jogamos com a personagem Avalon Farrow e a historia é bastante desinteressante que mais parece uma desculpa para a nossa personagem andar a limpar hordas de inimigos.

Uma das coisas que pude reparar foi que a nossa personagem usa e abusa das plataformas enquanto dispara em todas as direções. Imaginem o jogo Resogun mas coloquem o mesmo como um jogo de plataformas, parece boa ideia mas acaba por ter um monte de pormenores  devem ser resolvidos.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Fallout é uma franquia com um historico gigantesco, e podemos dizer que este jogo já passou por várias fases. Tivemos a fase em que Fallout era um RPG isométrico, passou para um RPG de ação e agora temos a fase em que agarramos na aventura e jogamos online.

A ideia com que fico deste jogo, Fallout 76, é que já não se faz sentir muito a parte do RPG (mas isso já pode ser por eu estar demasiado habituado a esta aventura) e temos mais ação e os jogadores estão mais focados na diversão e nas pilhagens dos inimigos caídos em combate e materiais que ficaram abandonados após o apocalipse.

Algo que posso dizer que me decepcionou um pouco foi o facto de termos muito do Fallout 4 em pouquíssimas inovações. Eubesperava que esta mudança de rumo com a implementação do online que o jogo iria acabar por ter novas mecânicas e varias inovações, mas a produtora limitou-se a dar-nos mais do mesmo.

Sendo um jogo focado no online, a produtora optou por não ter nenhum NPC no jogo, algo que faz sentido, mas algo que tira ao jogo muito do mistério.

Desde os primeiros momentos que vemos um vídeo de grande festa e alegria e muitas pessoas em convívio, mas assim que nós despertamos o que vemos é uma Vault 76 vazia, mais parece uma Vault fantasma (será que fomos os últimos a despertar?).

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Wipeout nasceu com a Sony e sempre que há um novo lançamento de uma nova consola da Sony este jogo está presente. Desta vez é a PS Vita que tem o privilegio de receber este jogo. Wipeout 2048 é um jogo de corridas anti-gravidade com uma espécie de nave futurista.

Este novo Wipeout não vem trazer nada de novo a serie do jogo, digamos que é mais uma compilação de tudo o que já foi feito até aos dias de hoje. Este jogo mostra-nos o início das corridas Wipeout e mostra-nos a evolução dos campeonatos automobilísticos.

Wipeout nunca teve propriamente uma história, sempre foi mais corridas e disputa pelo pódio. Nesse ponto o jogo Wipeout 2048 mantem-se muito fiel a si próprio com muitas corridas, torneios e competições para se disputarem.

Em Wipeout 2048 existem duas campanhas distintas para serem realizadas, uma delas é dedicada ao jogo a solo outra é o modo carreira online.

Cada corrida tem um objectivo diferente e é jogado de forma independente. Para prolongarmos a diversão com este espantoso jogo temos o modo Online onde nos podemos ligar tanto por 3G como por Wi-Fi.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Passaram-se quatro anos até chegar as mãos dos jogadores mas finalmente podemos testar este magnifico jogo criado pela CD Projekt.

Podia estender-me a falar sobre o jogo e estaria aqui a falar do jogo horas e horas, mas na realidade não é isso que se pretende. Iniciei este jogo logo após o lançamento e terminei este jogo em cerca de uma semana, é certo que não fiz nenhuma maratona mas foi interessante.

No que toca a gráficos The Witcher 2 pode certamente tornar-se um dos jogos com melhores gráficos de todos os tempos. Os cenários são lindíssimos e vemos detalhes em quase tudo para que olhamos. Podemos apreciar a beleza dos gráficos desde a textura de uma camisola até a grandiosidade de uma montanha. Tudo em The Witcher 2 foi cuidadosamente criado.

Existe uma altura do jogo em que Gerald se encontra numa vila a fazer os preparativos para a guerra e nesse instante consegue ver-se o campo de batalha, castelos e montanhas com uma qualidade gráfica nunca vista.

Falando um pouco na atmosfera do jogo podemos dizer que tudo o que vemos poderia certamente existir no mundo real. A CD Projekt despendeu de muito tempo na criação de todos os gráficos, detalhes da história e apresentação geral. Criou sem dúvida um mundo de fantasia que é um dos mais incríveis vistos até aos dias de hoje.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

A tradição de jogos de Karts em geral está muito ligada a personagens como por exemplo Mario em “Mario Kart”, Sonic em “Sega All-Star Racing” e outros que recentemente também apostaram em corridas de Kart.

A Sony já tinha criado uma versão de Modnation Racers para a PSP e mais uma vez investe nesta vertente para a sua nova portátil.

Modnation Racers dá muita importância a criação da personagem, pistas e Karts. Pois é neste jogo não nos limita-mos a usufruir do que já existe, aqui podemos personalizar uma data de coisas. O sistema Play-Create –Share acaba por ser o que destaca este jogo juntamente com o modo multiplayer para quatro pessoas e o seu modo Online. Ai está um concorrente de peso para o Mario Kart.

Modnation Racers Road Trip tem agora mais e melhores hipóteses de poder transformar este titulo num franchise de grande qualidade aproveitando todas as características da PS Vita.

Algo que temos de ter em mente é que este jogo é um pouco diferente da versão da PS3 mas nem por isso lhe fica atras.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Passaram-se cinco anos desde o ultimo lançamento da serie Ghost Recon, na altura reforçou uma posição muito singular com o jogo Ghost Recon : Advance d WarFighter 2

Um jogo muito bom em 2006 e que se reforça em 2007, Ghost Recon regressa agora para assumir um lugar que é seu como o melhor FPS de todos os tempos. Mas será que Ghost Recon não terá perdido tempo para conquistar o seu lugar perante os fãs?

Por esse motivo e mais alguns a Ubisoft colocou a Red Storm Entertainment a trabalhar em conjunto com a Ubisoft Paris (veterana na serie) e com a Ubisoft Bucareste (uma estreante em Ghost Recon).

A serie de nome Future Soldier acaba por trazer a baila a velha discussão se as series anuais podem ou não manter o fulgor ou se o descanso pode realmente fazer bem as series e aos fãs.

Ghost Recon : Future Soldier coloca-nos no papel de soldados do Futuro (tal como diz o titulo do jogo), com um arsenal e engenhocas ao nível do seu título. As missões neste jogo devem ser concretizadas com a maior cautela, rapidez e muito rigor, como se fossem fantasmas, pois no caso de algo correr mal o governo Norte-Americano nega sempre qualquer envolvimento.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Este jogo começou com uma espécie de brincadeira e acabou por tornar-se algo bem real.

Um grupo de produtores da Lionhead criou e apresentou durante o chamado “Creative Day”, um dia que a Lionhead reserva para qualquer membro apresentar as suas ideias. O que é certo é que este projecto que no início era uma brincadeira acabou por ter luz verde para avançar.

O estúdio encarregou um grupo de cinco pessoas de tornar Fable Heroes uma realidade para o Xbox Live Arcade.

Para aqueles que conhecem a serie Fable eu dou um conselho, esqueçam tudo o que sabem de Fable e entrem neste jogo de mente vazia. Fable Heroes apenas retira alguns nomes do jogo e uma ou outra referência de resto é um jogo completamente diferente. Este jogo foi desenhado para ser jogado cooperativamente.

As personagens são as mesmas da história de Fable, os fãs da serie facilmente se vão recordar de cada um deles. O jogo aparentemente pare ser criado para crianças mas assim que começamos a jogar este título apercebemo-nos que não é bem assim, mas nota-se que a produtora teve o publico mais jovem em grande conta.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Everybody´s Golf é um jogo baseado no desporto Golf como o nome diz. Mas tal como diz o nome é golfe para todos, para qualquer um.

Será que alguém como eu que não percebe nada de nada de Golf pode apreciar um jogo deste estilo?

Em Everybody´s Golf, quando se inicia, o jogo leva-nos logo para um torneio de iniciados com nove buracos. Conforme ganhamos cada torneio vamos ganhando medalhas e pontos para podermos gastar na loja onde é possível desbloquear novas personagens, fatos, tacos, musica entre outras coisas.

O jogo é composto pelo modo Challenge onde estão os torneios mas existe ainda o modo Stroke que nos permite dar tacadas livremente sem nos preocuparmos com a pontuação e temos ainda o espaço Training, um espaço dedicado aos treinos, cada taco faz algo especifico e este é o local onde temos a oportunidade de verificar como cada taco se comporta. Não nos podemos esquecer do modo online, um dos modos mais importantes do jogo. Em Everybody´s Golf podemos colocar a nossa perícia a prova de duas maneiras distintas, temos os torneios diários internacionais, um torneio único diário em que podemos participar apenas uma vez. No final do torneio a pontuação que nos for atribuída é adicionada ao ranking. O outro modo online é o confronto directo com outros jogadores onde nos desafiamos mutuamente.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Durante muitos anos esta serie foi conhecida pelo nome de Colin McRae rally, o famoso piloto de Rally que morreu num acidente de helicóptero. Logo após este trágico acidente a Codemasters decidiu homenagear o piloto e dar assim um novo nome a serie dando-lhe assim o nome que conhecemos hoje em dia “Dirt”.

O primeiro jogo da serie Dirt estava ainda muito colado as típicas corridas de rally até a data conhecidas como Colin McRae rally mas após o lançamento de Dirt 2 começaram a ser explorados novos campos na área da condução automobilística. A serie ganhava um ar mais descontraído e wild. Na altura Dirt 2 deixou os fãs um pouco tristes com o resultado, mas isso não fazia com que a Codemasters baixa-se os braços. Dirt 3 é lançado e as expectativas dos fãs são superadas.

Agora é lançado Dirt Showdown, é nesta altura que se separam as duas vertentes, a vertente Rally e a vertente de condução espectáculo mas sempre tentando agradar a ambos os fãs. É claro que não vai ser fácil agradar a todos os fãs. Existem três tipos de fãs, os que vêm preto, os que vêm branco e existe um tipo de fã muito especial que consegue ver cinzento e este jogo é precisamente para os que gostaram desta nova vertente de Dirt que junta o rally a condução espectáculo.

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
Voltar ao Topo
JSN Metro 2 is designed by JoomlaShine.com | powered by JSN Sun Framework