DLC The Frozen Wilds de Horizon Zero Dawn chega à PlayStation®4 a 7 de novembro

DLC The Frozen Wilds de Horizon Zero Dawn chega à PlayStation®4 a 7 de novembro

PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
09 Ago 2017
by Perplera


O mundo pós-pós-apocalítico de Aloy receberá no dia 7 de novembro novos conteúdos com The Frozen Wilds. Este é o primeiro DLC desde o lançamento exclusivo para a PlayStation®4 de Horizon Zero Dawn, a 1 de março de 2017, e vai estar disponível por 19,99 €. Os membros do PlayStation®Plus poderão adquirir a expansão com um desconto de 10%.

O novo capítulo da aventura de Aloy foi revelado na conferência da PlayStation® na E3 2017 e decorre nos territórios gelados do Norte. O DLC inclui uma nova área para explorar, novos mistérios para desvendar e muitas armas letais para recolher.

Faz já a reserva da expansão The Frozen Wild na PlayStation®Store e terás disponível um avatar de Horizon Zero Dawn.

Horizon Zero Dawn é a aventura pós-pós-apocalítica para a PS4®, totalmente localizada em português e desenvolvida pelo premiado estúdio Guerrilla Games, criador de Killzone.

O jogo coloca-te no papel de Aloy, uma jovem caçadora abandonada à nascença e rejeitada pela tribo onde cresceu, que vive num mundo renascido após o apocalipse, dominado por criaturas mecanizadas. Descobre o passado de Aloy e desvenda os mistérios do planeta enquanto exploras o vibrante e exuberante mundo de Horizon Zero Dawn. A Terra já não é nossa e só tu poderás salvá-la.

As críticas internacionais e nacionais foram muito positivas e o jogo conta com a classificação de 89 no Metacritic, sendo elogiado pela sua qualidade gráfica e arte visual do mundo de Aloy, além da história da protagonista ser fonte de grande interesse. 

Vive o novo capítulo da aventura de Aloy com Horizon Zero Dawn que chega a 7 de novembro de 2017 à PlayStation®4, por 19,99 €. Os membros do PlayStation®Plus poderão adquirir a expansão com um desconto de 10%.


Comentar


Código de segurança
Actualizar

      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial