Skylanders Swap Force
Editor rating
8.0
User rate
9.0
Global vote
8.5
Vote you too:
N/A
Release: 18/10/13
Price: € 69.99

Skylanders Swap Force

Genres: PLATAFORMAS Producer: Activision
  • Production: Activision
  • Release date: 18/10/13
  • Recommended age: 7 years

Já a algum tempo que vinha a reparar na coleção de figuras da serie Skylanders, eu que quando era mais novo e colecionava figuras de ação e outras tretas da época, acabei por simpatizar com as personagens do jogo. Eis que a Ecoplay me dá a oportunidade de analisar este jogo e conseguir juntar o melhor de dois mundos completamente distintos, o gaming e o colecionismo de figuras de ação. Ora eu ultimamente só colecionava jogos e edições especiais de jogos, mas quando este jogo me chegou a mão, a minha vertente de colecionador acende-se e acaba por ser inevitável juntar a coleção de Skylanders, tendo em conta que a coleção já é imensa e eu só agora vou começar.

 

Mas falemos do jogo pois esse acaba por se tornar ainda mais interessante aliado as personagens colecionáveis.

O jogo Skylanders já tem algum tempo e assim sendo também já tem uma vasta coleção de personagens. As personagens foram lançadas em vários packs com vários nomes e coleções diferentes que por agora terminam na novíssima coleção de Swap Force.

A coleção Skylanders ganha agora um concorrente direto, falo do Disney Infinite, este funciona do mesmo modo que o serie Skylanders, ou seja, também tem uma base onde colocamos uma personagem e ela é transportada para o jogo que estamos a jogar no ecrã da nossa TV.

 

Qual a vantagem que a Disney tem em relação a Skylanders?

“A vantagem passa por ter como personagens jogáveis as conhecidíssimas personagens da Disney como os carros ou até mesmo Aladim ou as personagens de Piratas das Caraíbas.”

 

Qual a desvantagem?

“Essa é demasiado obvia, o jogo da Disney chega tarde ao mercado, levando a serie de Skylanders um avanço bastante grande e tendo dezenas de personagens apelativas.”

 

Eu em particular adorei a Serie e coleção de Skylanders e aconselho.

 

Qual a diferença das antigas edições de Skylanders?

A serie Swap Force tem uma particularidade muito interessante que até agora não havia sido explorada, refiro-me ao facto de conseguirmos separar a parte superior e inferior de cada boneco a assim conseguir combinações de heróis completamente diferentes e improváveis. Essa troca sente-se também no próprio jogo aparecendo a parte  superior de um herói e a parte inferior de outro logo após pousar a nova figura no portal do poder.

 

 

O que mudou?

Para que esta nova tecnologia dos Skylanders Swap Force fosse suportada, teve se ser criado um novo portal do poder que para alem de reconhecer os novos Skylanders, também vai suportar todas as anteriores figuras de ação incluindo os Giants.

 

O pack inicial trás o novo portal do poder, dois Skylanders Swap Force e um Skylander serie 3. Os Skylanders presentes no pack são, o Blast Zone, o Wash Buckler e o Ninja Stealth Elf. Na realidade parecem ser três personagens mas são cinco visto que com o Blast Zone, o Wash Bucklerpodemos trocas as partes superiores e inferiores criando assim mais dois Skylanders distintos.

Algo impressionante pois imaginar a quantidade de heróis possível com uma serie de 20 ou 30 personagens.

 

Para alem das personagens e do novo portal, o videojogo conta ainda com uma grande novidade que para um jogo bem comum não é nada de extraordinário mas que em Skylanders é uma bênção, refiro-me a função, saltar. É verdade, os Skylanders agora conseguem saltar, não acontece só com os Swap Force mas sim com todos os Skylanders que saíram até agora.

Pode não parecer mas uma coisa tão simples pode transformar por completo a jogabilidade de um jogo, a deslocação pelo cenário é mais fluida e quando estamos em combate deixamos de estar presos no que toca aos movimentos. Mas isto tudo não mudou só a jogabilidade das personagens, uma coisa tão simples como “o salto”, possibilita agora a criação de cenários mais arrojados e de níveis mais diversificados.

Ou seja, deixamos de ter níveis na sua maioria horizontais e passamos a ter níveis mais imprevisíveis que incentivam a exploração.

 

O estilo de jogo continua o mesmo embora que melhorado a nível gráfico, as cores vibrantes continuam a dar vida ao jogo e a ação continua frenética.

O sistema de progressão do jogo é constante e as recompensas são variadíssimas e acontecem a cada instante, afinal estamos a falar de um jogo criado especialmente para jovens que se aborrecem rapidamente com algo que não lhes alimente o ego.

O jogo é composto por combates sucessivos, descidas vertiginosas e com vários segmentos de plataformas que sucedem a ritmos vertiginosos.

 

O palco principal da ação de Swap Force vão ser as "Cloud Break Islands".  As Cloud Break Islands são umas ilhas onde um vulcão magico descansa após a ultima erupção. Essa erupção concedeu aos Skylanders os seus novissimos  poderes Swap.

Nas Cloud Break Islands os Skylanders vão ver regressar o vilão que dá pelo nome de Kaos, que tem planos diabólicos para o vulcão magico. Kaos faz-se acompanhar pelo seu mordomo Glumshanks que por sinal tem momentos muito hilariantes.

O vilão Kaos tem um aparelho que o mesmo batizou de “Evilizer”, este aparelho tem a capacidade de transformar qualquer criatura numa criatura maléfica, mas não vamos agora contar toda a história pois gostamos que os nossos leitores descubram por si próprios.

 

Para alem destes dois temos uma quantidade incrível de outros inimigos o que na realidade é um ponto muito positivo em Skylanders Swap Force. Na realidade o jogo apresenta as mais variadas criaturas todas elas pertencentes aos mais variados mundos de Skylanders e quando cada criatura aparece pela primeira vez é feita uma apresentação bastante divertida com um locutor de fundo que acaba por ser cómico.

Em combate, não vi qualquer dificuldade com cada uma das criaturas existentes, pelo que eu percebi o facto de as personagens terem mais liberdade nos ataque acaba por  dar ao jogador a oportunidade de usar várias estratégias na luta com os inimigos.

 

A nossa base de operações tem como nome “Woodburrow”, nesta base de operações podemos aceder aos mais variados desafios do jogo. Na base de operações temos também os seguintes espaços, training dummies, altares para os tesouros lendários, zona de upgrades, minijogos ou o seguimento da aventura principal, ou seja, podemos manter-nos ocupados por muito tempo se decidirmos explorar o jogo.

 

Sistema de progressão...

O sistema de progressão mudou um puco, isso aconteceu essencialmente porque como as personagens se dividem em dois o sistema de progressão acaba forçosamente por ter de se dividir em duas partes também. Agora podemos evoluir cada uma dessas partes individualmente e temos também elementos de escolha associados a cada uma dessas partes que constitui cada Skylander.

Vou dar o exemplo com a personagem Blast Zone. Com a parte inferior do Blast Zone podemos optar por escolher o escudo protetor ou o arco de energia, na realidade isso aplica-se a todas as partes  e vai fazer com que o jogador tenha em consideração a evolução de cada parte de cada Skylander, e tenha ainda em conta as combinações que usa com mais frequência.

 

O nível de evolução subiu agora para 20 em todos os Skylanders, sejam eles desta coleção ou de uma outra coleção anterior. Em relação ao nível do Portal do poder, este está ligada a todos os mini-jogos  que são desbloqueados em cada Swap Zone. Isso Obriga-nos a ter pelo menos um Skylander de cada elemento para que se possam desbloquear essas mesmas zonas.

Ou seja, tal como já acontecia nos anteriores jogos, existem portões que bloqueiam certas zonas ligadas a um elemento especifico, agora também temos portões que requerem combinações de Swap Forces específicos. Em relação as Swap Zones, estas são desbloqueadas por habilidades que podem estar entre Climb, Rocket, Dig, Spin, Speed, Stealth ou Teleport, Jump.

Os mini-jogos também funcionam um pouco como os exemplos acima descritos, para estes precisamos de Skylanders com cada uma das habilidades para podermos ser bem sucedidos.

 

Conclusão...

As alterações que foram feitas no jogo são uma lufada de ar fresco que vem dar mais vida a serie e vem sem duvida adicionar mais variedade nas missões e mini-jogos existentes.

Swap Force é sem duvida alguma o melhor jogo da serie e o conteúdo existente no jogo é gigantesco e acaba por abranger um público que pode ir desde os mais novos até mesmo aos sénior.

A parte mais preocupante acabam por ser as figuras de ação. Para o jogador poder aproveitar o jogo ao máximo e  fazer várias conjugações de Skylanders, então o jogador terá de gastar uns bons euros . É certo que essa nova personagem ou personagens vão dar mais vida ao jogo e vão fazer com que o proveito do jogo seja maior. Eu acho que vale a pena investir aos poucos em novas personagens, e se for do tipo colecionador, então este é um jogo que não vais querer perder.

Read the review »

      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial