Angry Bird: Star Wars
Editor rating
7.0
User rate
6.5
Global vote
6.8
Vote you too:
N/A
Release: 1/11/2013
Price: € 29.99

Angry Bird: Star Wars

Genres: PLATAFORMAS Producer: Activision
  • Production: Activision
  • Release date: 1/11/2013
  • Recommended age: 3 years

Nunca pensei que um jogo que saiu inicialmente para iPhone pudesse chegar tão longe. Está serie já é sem duvida alguma uma das mais lucrativas dos últimos anos. Digamos que os Angry Birds invadiram o planeta sob as mais diversas formas, seja em jogos, em peluches ou até mesmo em pijamas, é quase impossível haver quem não os reconheça.

A alguns meses o titulo Angry Birds Star Wars saiu para o mercado tanto para PC como para iPhone e Android. Agora é a vez das consolas caseiras terem acesso a este espetacular jogo.

O jogo, tal como o nome sugere, transporta estes pássaros loucos para o mundo de Star Wars e segue a campanha dos filmes começando com Luke no episodio quatro e percorrendo vários segmentos de toda a história. Os pássaros, assumem habilidades e poderes retirados de várias personagens do filme e transformam o cenário numa autentica batalha campal.

Até a serie de Star Wars, bastava simplesmente atirar os pássaros e ele cumpria o seu objetivo, em Star Wars, não chega atira-los em direção dos inimigos. Cada um dos pássaros representa uma personagem em especifico e tem uma habilidade ou poder diferente. O pássaro vermelho representa Luke, a sua habilidade é usar um sabre de luz para destruir os blocos, o pássaro preto é Obi Wan Kenobi e usa a força para empurra objetos, o pássaro amarelo representa o Han Solo, este pode disparar a sua pistola matando os inimigos ou destruindo os blocos. São vários os pássaros existentes no jogo mas como devem entender, não teria a mínima piada se eu contasse tudo.

A semelhança do que já acontece com outros títulos da serie, conforme vamos avançando no jogo vamos desbloqueando outros níveis e outras missões extra que chegam mesmo a envolver os primos afastados do RD-D2 e o C3PO, sem duvida algo que ajuda a aumentar a longevidade do jogo e a entreter os jogadores durante mais um par de horas. Mas o que ajuda a que a longevidade do jogo se alastre as dezenas de horas de jogo será certamente o facto de cada missão ter três estrelas e o jogador tentar arrecadar essas estrelas. Algo complicado, só podemos desejar “que a força esteja contigo”.

Jogabilidade...

Basicamente a jogabilidade está muito idêntica a jogabilidade do Angry Birds original, apenas foram acrescentadas algumas funções através dos botões do controlador. Afinal, não nos podemos esquecer que as consolas caseiras não têm acesso a um ecrã tátil para poder puxar a fisga. Inicialmente vai ser um pouco confuso jogar um jogo ao qual estamos habituados a usar os dedos e passar a usar os botões de um controlador, mas rapidamente nos vamos adaptar e vai ser divertimento certo.

Gráficos e som...

A nível gráfico e sonoro não há muito a dizer, basicamente não existe algo de diferente na conversão dos dispositivos móveis para as consolas caseiras. Os gráficos são iguais ao que sempre foram e no que toca a musica, está é igual ao que fomos habituados desde o primeiro titulo de Angry Birds com uma pequena mistura de sons clássicos dos filmes Star Wars para que o ambiente de jogo fique mais aproximado da serie.

Conclusão...

É um jogo interessante para todos os jogadores, quer sejam fãs ou não. Irá certamente dar ao jogador muitas horas de diversão e jogado em família acaba por ter outro sabor.

Apesar de ter chegado aos dispositivos móveis com alguma antecedência, não é por esse motivo que não será bem aceite numa consola caseira, mas é certo que o facto de poder transportar o jogo para todo o lado com um smartphone ou tablet acaba por ser um diferenciador que pesa.

Read the review »

      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial