Uncharted 4: O fim de um ladrao
Editor rating
10
User rate
10
Global vote
10
Vote you too:
N/A
Release: 10/5/2016
Price: € 69.99

Uncharted 4: O fim de um ladrao

Genres: AVENTURA, ACÇÃO Producer: Sony
PS4
  • Production: Sony
  • Release date: 10/5/2016
  • Recommended age: 16 years

Estava ansioso que Uncharted 4: O fim de um ladrão chega-se ao mercado. Este jogo teve recentemente um caso bem caricato, o jogo chama-se "O fim de um ladrão" e acabou por ser roubado e vendido no Ebay e Amazon antes da data de lançamento oficial... Mas piadas a parte, vou passar a analise propriamente dita.

 

Como ja devem saber, desta vez Drake sera levado numa aventura a ilha de Madagascar e uma das frases que eu mais gostei que vinha no livro de arte conceptual de imprensa foi... " todo o tesouro tem o seu preço". na altura na entendi muito bem o que isso queria dizer, mas com o avançar do jogo acabei por entender muito bem o que isso queria dizer.

 

Uncharted 4: O fim de um ladrão é sem duvidam dos jogos mais aguardados do ano, e não é para menos.

Segundo consta, este será o ultimo título de Uncharted. Pelo que parece conta a história que faltava contar e mostra-nos a derradeira aventura de Drake.

Uncharted 4: O fim de um ladrão vem explorar o potencial da PS4 e trás aos jogadores o melhor que eles podem ter no mundo dos videojogos.

 

O jogo...

Ao jogar Uncharted 4: O fim de um ladrão, eu encontrei o mesmo Drake de outros tempos com um espírito aventureiro e com capacidades de escalada acima da média, mas também encontrei um Drake mais maduro, ponderado e experiente.

A formula do jogo manteve-se e vê-se que a Naughty Dog aprendeu com os jogos anteriores. Não é um jogo perfeito mas percebe-se todo o esforço para dar o melhor ao jogador.

 

O jogo conta com vários puzzles, e tal como nos jogos anteriores, Nathan conta com o apoio do seu livro de apontamentos para resolver esses puzzles.

 

A história...

Tal como em todos os jogos da serie, este também anda a volta de um tesouro. A diferença é que em Uncharted 4: O fim de um ladrão, Drake já se tinha reformado da vida de caçador de tesouros e acaba por voltar ao ativo para ajudar o seu irmão Sam.

A história do jogo leva-nos a varias alturas da vida de Drake e de outras personagens de forma a que a história fique completa e para que o jogador entenda tudo o que se passa. Já tínhamos conhecido um pouco de Drake em Uncharted 3, mas Uncharted 4 da-nos uma historia muito mais completa que nos aproxima ainda mais do herói do jogo.

Neste jogo iremos procurar o tesouro de Henry Avery, um famoso pirata do século XVII que operava na zona do Oceano Indico.

Drake embarca nesta aventura para ajudar o seu irmão que esteve desaparecido durante vários anos (Drake sente-se como culpado), e agora precisa de ajuda para sair de um sarilho bravo em que se meteu. Para se salvar precisa encontrar o tesouro de Henry Avery, mas não se esqueçam que Sam já traiu Drake no passado.

 

Sam já ouviu falar dos feitos de Drake e sabe que se há alguém que o pode ajudar, essa pessoa será o seu irmão.

 

Gráficos...

No que toca aos gráficos, Uncharted 4: O fim de um ladrão é sem duvida o jogo mais bonito que alguma vez eu vi na PS4. Não existe nenhum jogo que consiga apresentar visuais e cenários tão bonitos como este jogo e que apresente tanta dedicação a cada um dos níveis criados para este jogo.

Para vos ser sincero, inicialmente estava até um pouco desiludido com os gráficos, não por eles serem maus (longe disso), mas sim por estarem abaixo das minhas expectativas. Mas quando entramos na segunda metade do jogo eu até delirei com os gráficos e a qualidade das texturas. Acho que na realidade faltavam os ambientes ideais para correr o poder gráfico de Uncharted 4. Adorei o efeito da chuva, da vegetação das florestas e da forma como a vegetação se comporta com a nossa passagem, a forma como interagimos com os objetos e muito mais. Graças aos fotogramas fixos em 30fps não notamos qualquer quebra de fluidez, e isso é o que se espera de um jogo com a qualidade de Uncharted 4: O fim de um ladrão.

 

Ao contrario do modo história, o modo multiplayer corre a 60fps pois a produtora prefere sacrificar os gráficos  e ter uma fluidez de jogo muito grande. Uma escolha muito inteligente e que os jogadores agradecem.

 

Som...

Normalmente os jogos têm a linguagem inglês, francês, espanhol e outras, mas é complicado ver os jogos que gostamos em português, nem que seja em português do Brasil. Mas a serie Uncharted sempre teve esse cuidado e isso devemos a PlayStation Portugal. Uncharted 4: O fim de um ladrão está totalmente localizado em Português de Portugal incluindo legendas, textos dos menus e jogo e as falas das personagens. Apesar de as vozes em português não serem nada más, eu aprecio mais ter o jogo nas vozes originais. Mesmo assim é sempre bom ter jogos na nossa língua materna.

 

Jogabilidade...

Apesar de Uncharted 4: O fim de um ladrão não trazer novidades em relação ao jogos anteriores da serie, não podemos de forma alguma dizer que ele desilude. Este jogo chega ao ponto de deixar os jogadores bem entusiasmados por certas cenas e muito tocados com algumas cenas do jogo.

 

A qualidade gráfica do jogo é muito importante, mas sem uma boa jogabilidade este jogo seria nada. A Naughty Dog implementou algumas novidades que melhoraram a experiência de Uncharted 4. Mas estas novidades e maior liberdade não se fazem sentir em todos os níveis, só nos níveis de maior escala podemos ver a grandeza que a Naughty Dog preparou para este jogo. Em fases como a de Madagascar podemos ver Uncharted 4 no seu melhor com uma liberdade de movimentação muito maior do que nos jogos anteriores. Normalmente, a série Uncharted tem níveis muito lineares que nos dão um só caminho para chegar a determinadas localizações, mas em Uncharted 4 podemos encontrar varias formas de chegar do ponto "A" ao ponto "B".

 

Uncharted 4 ainda tem vários níveis nos quais tem de percorrer caminhos pré definidos e tem de fazer ações obrigatórias para poder progredir no jogo, mas isso não estraga a experiência de jogo.

 

Uncharted 4: O fim de um ladrão não pode ser considerado um jogo de mundo aberto, pois são poucos os níveis que nos dão alguma liberdade. Mas temos a liberdade suficiente para explorar cenários e podermos encontrar os tesouros perdidos e outros tipos de colecionáveis.

 

Uncharted 4: O fim de um ladrão também nos dá a oportunidade de escolhermos que tipo de abordagem pretendemos ter em determinadas situações. Podemos abordar o jogo de uma forma tática onde eliminamos os nossos inimigos um a um sem grande granel, podemos abordar num modo furtivo abatendo os nossos inimigos com uma chuva de balas ou então ser sorrateiros e evitar todos os inimigos de forma a chegar ao nosso objetivo. Mas chegar ao nosso objetivo é uma coisa, passar a fase seguinte é outra, inevitavelmente teremos de matar os nossos inimigos para progredirmos no jogo.

 

Como todos sabem, a série Uncharted é uma serie de jogos em terceira pessoa. Assim sendo acabamos por usar e abusar do sistema de cobertura, mas em Uncharted 4 não conseguimos abusar desse sistema como nos jogos anteriores.

O sistema de cobertura de Uncharted 4 é bastante eficaz mas a grande maioria dessas coberturas acaba por se ir deteriorando conforme o inimigo dispara na nossa direção. Assim sendo somos obrigados a estar constantemente em movimento para não sofrermos muito dano. A maioria das coberturas de Uncharted 4: O fim de um ladrão podem ser destruídas pelas balas dos inimigos, por isso não é muito inteligente ficar parado no mesmo local muito tempo.

 

A movimentação de Nathan pelos cenários está mais fluída e ele consegue correr, agachar, rebolar e até pode saltar rapidamente por cima das coberturas. Ele agora tem um gancho com uma corda que lhe permite atravessar certas partes dos cenários com a maior das facilidades e com rapidez. O gancho de Nathan não vem dar ao jogo somente facilidade de deslocação, vem também dar a todos os níveis uma verticalidade ao jogo que só era possível com a habilidade de escalada de Nathan Drake.

A variedade de armas é muito grande e aconselho a ir experimentado de forma a ver qual a que se adapta melhor ao seu estilo de jogo.

 

Muitos podem achar que depois de terminar este jogo não há mais nada, mas isso não corresponde a verdade. Quando terminamos  Uncharted 4: O fim de um ladrão podemos iniciar nova aventura para podermos encontrar os tesouros que faltam.

 

Multijogador...

A primeira vez que vimos o modo multiplayer em Uncharted foi no seu segundo título. Desde lá que este modo tem feito parte dos jogos da série e é sem duvida um ponto positivo e que não pode faltar na serie.

Apesar de o modo multiplayer não ser a joia da coroa desta franquia, é sem duvida alguma uma boa adição e que dá para o jogador passar um pouco de tempo após terminar o modo história.

 

O multiplayer de Uncharted 4: O fim de um ladrão conta com quatro modos, o Team Dethmatch, o Plunder (algo parecido com o Capture The Flag), o Command ( consiste em capturar áreas), e o Ranked Team Deathmatch. Todos estes modos do multiplayer têm oito mapas inspirados nos níveis de jogo do modo história.

 

Uncharted 4: O fim de um ladrão conta com adições muito interessantes no modo multiplayer que já falamos na altura dos testes abertos ao multiplayer de Uncharted 4, estou a falar mais propriamente dos "Mysticals" e dos "Sidekicks". Os " Mysticals" são poderes sobrenaturais que a nossa personagem ganha e que podem ser uma grande vantagem em jogo, em relação aos "Sidekicks" são personagens controladas pela AI (inteligência artificial) que têm como função específica reviver companheiros, defender locais ou então matar inimigos. Estes "Mysticals" e os "Sidekicks" são ativados em tempo real usando dinheiro que vamos ganhando na partida que estamos a jogar. Mas este dinheiro que ganhamos no jogo não serve só para estas vantagens... Podemos usar esse dinheiro para comprar armas mais poderosas como por exemplo um revolver que mata com um só tiro (agora só falta a pontaria).

 

O multiplayer conta com micro-transações que são feitas através dos Uncharted Points que podem ser comprados com dinheiro real mas que também podemos adquirir ao jogar o jogo. Com os Uncharter Points podemos comprar uma data de vantagens para podermos ser mais eficazes no jogo.

 

Conclusão...

Uncharted 4: O fim de um ladrão tem direito a 22 capítulos com um total de cerca de 14 horas de jogo, fica assim cumprida a promessa da Naughty Dog quando ela disse que este seria o maior Uncharted de todos os tempos. Sendo Uncharted 4: O fim de um ladrão o último jogo da série, é normal vermos varias referencias aos anteriores jogos da série, isso provoca uma saudade enorme dos jogos anteriores. Ainda bem que eu tenho a coleção Nathan Drake Collection (3 jogos da serie para PS4).

 

Algo que não posso deixar de comentar é o facto de as armas se comportam de uma forma diferente no modo Historia e no modo Multijogador. No modo Multijogador as armas têm um coice menor do que no modo História, aconselho a quem possa ter dificuldades no jogo a ligar a assistência a mira, caso contrário podem ter algumas dificuldades.

 

Uncharted 4: O fim de um ladrão não é somente um jogo de tiro em terceira pessoa, ele também tem muita exploração de cenários, resolução de puzzles e muita aventura a mistura. Apesar de este ser o último jogo da serie e de a nossa equipa já estar cheia de saudades, digamos que no final deste titulo não teremos pontas soltas nem a ideia de que poderá haver um novo jogo.

Uncharted 4: O fim de um ladrão trás até nós novos cenários, perseguições alucinantes, muitas situações complicadas e perigosas e as presumíveis caças ao tesouro. Fica em destaque uma maior área de jogo que dá mais possibilidades ao jogador para poder apanhar os inimigos despercebidos e de poder escolher qual a melhor forma de abordar cada um dos inimigos, seja por terra ou até mesmo por “ar”.

Uncharted 4será sem dúvida um jogo que marca uma geração de consolas e não deixará os jogadores desiludidos. A nossa equipa recomenda Uncharted 4: O fim de um ladrão a todos os jogadores. Este é um dos jogos mais completos de todos os tempos e a serie completa poderá ser a melhor que alguma vez foi criada.

Read the review »

Media gallery
Images and videos
01
01
      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial