Sonic Forces
Call of Duty WW2
Wolfenstein II: The New Colossus
Tour de France 2017
PES 2018

Sonic Forces

Sejam muito bem vindos os fãs do ouriço mais conhecido do mundo a uma review de mais um jogo que promete aos jogadores muita diversão. Mas será que isso acontece mesmo? Para quem não se recorda, em 2015 os jogadores foram surpreendidos com o j...

Call of Duty WW2

Para muitos, o título de melhor jogo de Call of Duty pertence a “Modern Warfare”, e quanto a isso eu tenho de assumir que realmente foi um excelente jogo. Mas Call of Duty WW2 esteve bem perto de usurpar esse título. Call of Duty WW2 fez melh...

Wolfenstein II: The New Colossus

Wolfenstein regressou no ano 2014 com uma aventura incrível que nos levou novamente aos tempos das velhas guerras mas com arsenal bem atual. Wolfenstein é considerado o jogo que deu origem ao gênero de tiro em primeira pessoa bem no início da dé...

Tour de France 2017

Uma das maiores provas de ciclismo é sem dúvida alguma a volta a França. Esta é a competição onde as capacidades físicas e mentais dos ciclistas é posta a prova em cada etapa desta competição. Le Tour de France tenta recriar a emoção vi...

PES 2018

Mais uma época futebolística, mais um ano de PES, este ano com algumas melhorias bem interessantes que revolucionam mais uma vez o jogo. Inicialmente a ideia com que fiquei foi que PES 2018 parecia o PES 2017 mas com algumas melhorias/actualizaç...

Paper Mario Color Splash
Editor rating
9.0
User rate
N/A
Global vote
9.0
Vote you too:
N/A
Release: 7/10/2016
Price: € 44.99

Paper Mario Color Splash

Genres: PLATAFORMAS, RPG Producer: Nintendo
  • Production: Nintendo
  • Release date: 7/10/2016
  • Recommended age: 3 years

Sejam muito bem vindos a mais um jogo do canalizador mais famoso de todo o mundo, estou a falar de Mario.

Nos últimos anos são muitos os jogos deste lendário personagem e são várias as participações de Mario noutros jogos. Até se pode dizer que quantidade não significa qualidade, mas este velho amigo vem provar exatamente o contrário.

 

Desta vez temos Paper Mario, um jogo que já saiu para o mercado a uns meses que que infelizmente não me foi possível trazer de imediato por causa dos inúmeros afazeres que este projeto me trás (Strong Player). Mas agora que houve esta possibilidade aqui vai esta incrível review com todos os pontos que interessam saber.

 

O jogo Paper Mario teve a sua primeira aparição ainda no tempo da Nintendo 64, e desde essa altura que nunca mais parou. Este jogo apareceu em todas as consolas caseiras da Nintendo desde essa altura e a qualidade destes jogos foi aumentando com o passar dos tempos nunca perdendo a sua identidade. A bem pouco tempo a Nintendo 3DS teve o seu título de Paper Mario e foi um grande sucesso, apesar de não ter sido o maior sucesso desta franquia.

 

Paper Mario Color Splash é o primeiro título de Paper Mario para a geração da Wii U e muito provavelmente pode ser o último pois de seguida só se sair um título para a Nintendo Switch (o que será o mais logico).

 

Em Paper Mario Color Splash partimos a aventura em Port Prisma assim que descobrimos que o nosso amigo Toda teve toda a sua tinta sugada acabando assim por ficar sem vida. Assim que Mario chega a Port Prisma juntamente com Peach e um dos amigos de Toad , conhecem um balde de tinta de nome Huey que lhes diz que a ilha deve a sua vida a 6 estrelas de tinta.

Os nossos heróis descobrem rapidamente que tanto a ilha como os seus habitantes foram sugados da sua vida/tinta e descobrem ainda que as 6 estrelas de tinta estão desaparecidas.

Aqui temos mais um mote para esta nova aventura de Mario onde iremos tentar recuperar estas estrelas e salvar todos os habitantes da ilha devolvendo a sua cor.

 

Este é um jogo com uma longevidade bem interessante e que se pode dizer que será um dos maiores trunfos que este jogo tem.

O jogo tem o seu mapa repartido por varias zonas distintas como florestas, praias, planícies, castelos e muito mais. Cada uma destas zonas tem uma percentagem de tinta para ser recuperada e conforme vamos adquirindo essa tinta vamos gastando de forma a dar vida a ilha, não convém gastar esta tinta em vão pois iremos precisar de muito mais tinta do que a que nós conseguimos adquirir.

 

Este é um jogo bem simples com mecânicas bem definidas. É excelente para crianças que já dão uns toques em inglês e não é nada difícil de se controlar. É um jogo que requer um pouco de estratégia, e mesmo que em certa altura falhemos, podemos repetir quantas vezes quisermos.

 

 

Graficos…

A evolução deste jogo em termos gráficos é bastante notória, temos uma mistura de 2D com 3D e nota-se que está mais polido e menos cartoonesco que o habitual.

Tanto as personagens como os cenários têm uma qualidade superior e é bom ver que este género de jogos consegue evoluir com o passar dos tempos nunca perdendo a sua essência.

 

Jogabilidade…

Em termos de jogabilidade, Paper Mario Color Splash tem a sua forma tradicional de exploração de cenários e lutas por turnos muito ao estilo dos RPG. O estilo de RPG em Mario apareceu já no final de vida da Super Nintendo em Super Mario RPG onde foi buscar inspiração ao seu modo de luta e exploração.

Todos os jogos de Paper Mario apresentam uma novidade, e este não é excepção. Em Paper Mario Color Splash temos de fazer uso da tinta para pintar cartas com poderes que iremos usar posteriormente em ataques e torna-las ainda mais fortes perante os inimigos. Os combates são um pouco demorados pois temos de escolher os nossos ataques através de cartas e tintas e ainda temos de ter bons reflexos e ser rápidos em escolhas para nos defendermos dos ataques dos nossos inimigos.

 

Conclusão…

Paper Mario Color Splash é mais um título obrigatório de uma colecção de clássicos para a Wii-U que não irá desiludir nem o mais tradicional dos entusiastas de Super Mario. E para os amantes de RPG, é uma pausa para quem gosta de levar o estilo “mais a sério”. Este é um jogo que vai fazer as delícias de muitos, mesmo dos que normalmente não gostam do estilo de RPG.

Read the review »

Media gallery
Images and videos
01
01
      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial