Gran Turismo Sport
Editor rating
9.5
User rate
N/A
Global vote
9.5
Vote you too:
N/A
Release: 17/11/2017
Price: € 69.99

Gran Turismo Sport

Genres: CORRIDAS Producer: Polyphony Digital
PS4
  • Production: Polyphony Digital
  • Release date: 17/11/2017
  • Recommended age: 3 years

Gran Turismo Sport é um dos jogos de corridas mais esperado do ano, principalmente para os donos de uma PS4. A equipa da Polyphony Digital, em conjunto com Kazunori Yamauchi mostram ao mundo porque são referência nos jogos de simulação automóvel neste grande título que chega as nossas mãos.

 

A franquia de Gran Turismo já tem uns anos e ainda me recordo de ter jogado o meu primeiro título ainda na velhinha PS2 com o título Gran Turismo 3 onde ainda guardo a minha edição especial com um certo carinho pois estamos a falar de um clássico que marcou uma geração.

Depois deste título joguei outros grandes títulos como o Gran Turismo 4 e o belo do Gran Turismo 5. Infelizmente já não sinto nenhuma saudade do último titulo que chegou a PS3 com o nome de Gran Turismo 6, um titulo que parecia mais um remake do que já tinha sido feito até a altura.

Mas eis que finalmente chega o primeiro título da franquia para a PS4 com o nome de Gran Turismo Sport, ou como muitos lhe chamam, o GT Sport.

A abordagem de Gran Trismo em relação ao jogo sempre foi muito amistosa, sempre quiseram que aproveitássemos a estrada e a condução dos veículos em vez de nos atirarem para a estrada e de nos termos de desenrascar como fosse possível. A escola de condução é outro ponto que deixa s jogadores mais confortáveis, este não é um jogo como muitos que existem por aí, este é um dos melhores simuladores de todos os tempos e que pretende que o jogador aproveite cada instante. Em Gran Turismo iremos aprender a arte de abordar as curvas, fazer ultrapassagens eficazes e até a travar na hora certa de forma a não perder mais tempo do que realmente é necessário. Gran Turismo é um verdadeiro simulador que quer que relaxemos e aproveitemos o carro e a viagem sem qualquer tipo de stress.

 

Assim que iniciamos o jogo, somos orientados de forma a apostar na “Escola de condução”. Os desafios são os mesmos que já vimos em jogos anteriores da franquia, acelerar, travar, dar curvas, ultrapassar, esquivar e muito mais.

Também existe o mesmo rigor técnico com temporizador de forma a obter troféus de bronze, prata ou ouro e os famosos limites de pista ou obstáculos que nos penalizam se forem atingidos.

No meu ponto de vista, Gran Turismo Sport exige mais dos jogadores do que os títulos anteriores.

 

Tudo neste jogo serve para sermos avaliados seja no modo história como no modo online. Diversas ações contribuem para atingirmos as nossas metas e objetivos, na maior parte das vezes somos recompensados com dinheiro virtual que serve para comprar artigos novos ou até mesmo veículos.

Mas existe uma avaliação que acaba por ser a mais importante de todas e que tem a ver com a nossa ética ao volante. Os impactos com outros veículos, cortes de trajetória e outros movimentos menos corretos acabam por criar um perfil menos positivo na nossa condução. Esse perfil é importante pois pode condicionar a nossa participação em eventos, incluindo os tão esperados eventos promovidos pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo).

 

Temos de considerar que este ano é um ano complicado para Gran Turismo Sport, principalmente porque já saíram para o mercado vários jogos de condução e nos fazem perguntar se Gran Turismo está assim tão bem como se diz.

Os grandes títulos a nível mundial acabam por ser bem diferentes, se Forza 7 se foca em velocidade de ponta, Projecto Cars acaba por se basear em colocar potencia no carro e lidar com a aderência dos carros a pista, já Gran Turismo Sports acaba por punir mais os jogadores pelas travagens fora de tempo, curvas menos perfeitas ou colocar a mudança mais tarde do que deveria.

 

Em Gran Turismo Sport teremos de lidar com a existência de vários tipos de piso (maioritariamente será alcatrão ou cimento), mas teremos de lidar também com as diferenças entre carros, sejam elas de tração integral ou parcial.

 

A oferta de veículos ainda não é muito extensa, tem menos de 200 veículos e nem todos eles representam as marcas ou segmentos das mesmas.

Pessoalmente eu dispensava a quantidade de veículos de conceito que muito provavelmente nunca iremos ver na realidade. E tendo em conta a quantidade de veículos que a serie já teve, creio que foi uma perda incrível de conteúdo em relação a jogos anteriores da franquia.

Espero que os veículos sejam adicionados a pouco e pouco em forma de DLC gratuitos caso contrário a metidela de pés por parte da produtora tornasse ainda maior.

 

Modo fotografia…

O modo fotografia está mais uma vez presente em Gran Turismo. Este é o modo onde muitos de nós já passámos varias horas a tentar criar a foto perfeita, nesta edição temos a possibilidade de editar cores, vinis e muitos mais objetos de decoração dos veículos. Em relação aos cenários, estes passaram a ser locais icónicos reais existentes em todo o mundo, inclusive algumas imagens em Portugal.

 

Modos de jogo..

No que toca aos modos de jogo, estes não são muitos, mas também não são precisos mais do que nos que existem.

No modo “Lobby” podemos desafiar amigos ou desconhecidos em provas únicas. Infelizmente, neste modo não contribui os em nada para a nossa reputação, mas podemos sempre divertir-nos e ganhar mais experiência.

 

No modo Sport a fasquia já sobe um pouco. Este é um modo reconhecido pela FIA e é constituído por uma liga mundial e que podem mesmo fazer de alguns pilotos virtuais uns verdadeiros pilotos profissionais.

É sem dúvida o modo mais interessante do jogo, somos colocados em constantes voltas de qualificação e de prática a cada volta que damos, isto repete-se até que realmente a corrida inicie.

A qualidade destas sessões é proporcional a proficiência e ética de cada piloto presente na pista.

 

Gráficos…

No que toca ao grafismo deste jogo, posso dizer que a Polyphony Digital ultrapassou todas as espectativas dando aos jogadores gráficos de última geração. Podemos jogar com a resolução 4K através da tecnologia HDR que faz magia com iluminação e cor por todo o ecrã.

 

Posso dizer que Gran Turismo Sport é uma obra de arte e conta com uma performance de 60FPS. O jogo está mesmo muito bem acabado e está bem polido, desde os carros até as pistas com efeitos e reflexos de tirar o ar.

Em regra geral as texturas e efeitos cumprem o seu papel de uma forma espetacular tal como se esperava de um jogo de longa produção e exclusivo de uma plataforma que pretende tirar o máximo partido do seu poder.

 

Algo que eu acho que está em falta não é a parte gráfica, nesse ponto o jogo está impecável, acho que o que tem a menos é a sujidade, os detritos e os danos estruturais das viaturas que nos conduzimos.

Se damos uma pancada num rally, o mínimo que se espera é que o carro fique danificado e que destrua ou danifique os cenários.

Mais parece que pensam que au fazermos as aulas na escola de pilotos, nos vamos tornar pilotos perfeitos sem bater uma única vez. É certo que ninguém no seu perfeito juízo que bater contra os rails ou contra outros veículos, mas que nisso acontece, acontece.

Gran Turismo é um jogo excelente a nível visual, sem duvida alguma o melhor Gran Turismo de toda a série. Mas como os jogos deste estilo não vivem sódos gráficos, tenho de assumir que Gran Turismo Sport ficou um pouco abaixo das espectativas, tendo sempre em conta o que eles prometeram aos jogadores.

Não apreciei que no jogo precise de uma ligação online permanente, isso faz com que o jogo bloqueie quase por completo quando nos servidores estão mais instáveis. Quando os servidores ficam com falhas, o único modo que fica disponível é o modo Arcada. Os restantes modos ficam bloqueados, inclusive o modo fotografia e até mesmo a garagem e mecânica dos veículos.

 

Conclusão…

Gran Turismo Sport é sem dúvida um jogo que coloca a simulação automóvel num patamar incrivelmente alto, pena que falhem na simulação da sujidade e dano dos veículos (tal como aconteceria na vida real). Este ponto pode desapontar os mais exigentes, principalmente se começarem a comparar com outros jogos do mesmo género.

Este é um jogo que ensina a arte de conduzir e nos dá lições muito uteis para podermos aplicar no jogo.

Como jogo de condução, tenho de admitir que é dos que mais exige precisão e dedicação.

 

O jogo conta com muita informação e muitas dicas para um melhor desempenho dentro da pista. Gosto especialmente da plataforma competitiva que o jogo tem dando a oportunidade de jogadores de sofá um dia serem pilotos reais, tudo isto com o apoio da FIA graças as provas aprovadas pela organização.

Sou da opinião que a franquia Gran Turismo poderia ter marcado a sua posição perante os seus oponentes, mas simplesmente decidiram jogar pelo seguro e deixar as franquias concorrentes chegar bem mais perto.

Read the review »

Media gallery
Images and videos
01
01
      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial