Turbo: Super Stunt Squad
Editor rating
6.0
User rate
7.0
Global vote
6.5
Vote you too:
N/A
Release: 2/8/2013
Price: € 49.99

Turbo: Super Stunt Squad

Genres: CORRIDAS Producer: D3Publisher

Este é mais um jogo inspirado num filme para crianças. Já aconteceu com “Carros”, “UP” e outros filmes de animação conhecidos.

Neste jogo o jogador vai ficar surpreendido quando vir que na realidade o jogo não tem muito a ver com o filme. O jogo turbo está para o filme como os Smurfs estão para a pesca submarina, ou seja, nada a haver.

 

O jogo...

Após ver o filme de Turbo pensava eu que ia encontrar um jogo de corridas típico ao estilo de Carros, um outro filme de animação muito conhecido. Afinal de contas enganei-me, devo ter entendido mal o filme. Na realidade o caracol Turbo não é fã de corridas Super 500, ele é na realidade um fã um pouco tímido de Tony Hawk.

OK, já vi que não estão a entender nada. Eu estava a espera de um jogo louco de corridas com caracóis infernais super velozes, uma espécie de continuação do filme com caracóis todos quitados ou até mesmo corridas Super 500 com Turbo a disputar o primeiro lugar. Nada disso foi apresentado.

Mal iniciamos o jogo vamos poder escolher o nosso caracol, mediante os que estão disponíveis e depois entramos nas “corridas”. Assim que inicia a primeira corrida eu dou por mim numa cozinha com uma pista de obstáculos enorme que percorre toda a cozinha onde tenho de controlar o Turbo e conseguir cumprir uma data de objetivos num curto espaço de tempo. Quando dou conta pareço um skater louco a fazer manobras perigosas no ar e a tentar conseguir apanhar as letras da palavra Turbo usando sandes como rampa de lançamento, ou seja, deprimente.

O filme até é interessante e teríamos um jogo muito interessante se seguisse a história do filme, isso não aconteceu. Neste momento o Tony Hawk deve ser grande fã do Turbo.

 

Voltando ao que realmente interessa que é o jogo, na realidade Turbo Stunt Squad retira somente as personagens do jogo, o resto é completamente novo. Podemos dizer que os cenários são inspirados também no filme como por exemplo a primeira pista que parece ser inspirada na loja dos “Dos Bros Tacos” ou uma outra pista que é inspirada na oficina “Paz´s Autobody”.

Pena os cenários terem sido transformados em verdadeiros parques para skaters com vários half-pipes, corrimões, plataformas, entre outras coisa habitualmente vistas em parques para a pratica de Skate.

 

 

Os gráficos...

Os gráficos do jogo não estão propriamente os mais belos que alguma vez tivemos hipótese de ver, pelo contrário. O design dos cenários também não ajuda e as coisas complicam-se por três motivos em especial. O primeiro tem a ver com a posição da camara que nos proporciona pouca visibilidade em determinados locais do cenário. O segundo pontoo tem a ver com a maneira como os objetivos estão distribuídos pelo cenário, alguns desses objetivos estão em locais de dificílimo acesso, mesmo para estes caracóis aspirantes a Tony Hawk. O terceiro ponto tem a ver com a jogabilidade que é muito complicada tendo várias quebras de fluidez e vários problemas ligados a colisão com objetos circundantes, chegamos ao ponto de ficarmos presos numa das sandes da cozinha dos “Dos Bros Tacos”.

 

O som...

O som, mais uma vez, corresponde mais depressa a um jogo de Tony Hawk´s do que propriamente a uma das trilhas sonoras do próprio filme.

As musicas do jogo estão limitadas a cinco musicas muito básicas e que se repetem constantemente sempre que temos de tentar novamente o nível.

As vozes das personagens também não são as originais do filme e as falas das personagens estão cheios de comentários as estilo do Ghetto, e sinceramente a repetição dos mesmos não contribui muito para o jogo.

 

A jogabilidade...

É indiferente qual das várias personagens escolhemos, elas têm todas a mesma velocidade e têm todas a mesma mecânica, não existe uma diferenciação entre as personagens. A única coisa que nos leva a escolher personagens diferentes é mesmo o facto de ganharmos trofeus no jogo.

O jogo até tem muito para se fazer mas acabamos por desbloquear tudo muito depressa. O jogo tem objetivos muito complicados, para alem de apanharmos letras e concretizarmos as missões de pontos o restante são missões quase impossíveis de concretizar.

 

Positivo...

De uma forma positiva, podemos jogar o jogo com qualquer um dos caracóis do filme, não é que tenhamos muita diferença na jogabilidade de cada um dos caracóis, mas ganhamos diferentes troféus, o que já não é nada mau.

O jogo está recheadíssimo de desafios, alguns deles são desafios notáveis e de extrema dificuldade, mas não podemos dizer que existe monotonia neste jogo.

 

Negativo...

O jogo não tem muito a ver com o filme, tirando a parte de os cenários serem inspirados no filme e as personagens serem as mesmas, o resto nada tem a ver com a história que o filme nos conta.

A jogabilidade também é um dos pontos fracos do jogo, para alem de termos de controlar uma personagem complicada, ainda temos de a colocar a fazer truques de skater complicados com objetivos complicados de se cumprir. Resumindo, é complicado.

Para alem da jogabilidade temos também a camara que por vezes está posicionada em locais que não nos permitem ver a nossa personagem, o que dificulta muito o jogo.

A musica e as vozes também são muito fracas o que deixa o jogo ao nível da geração anterior de consolas.

 

Conclusão...

O jogo não é mau de todo, e por vezes torna-se até um pouco divertido. Mesmo assim não deixa de ser um jogo desinteressante e que acaba por levar ao engano os mais novos que pensam que vão jogar um jogo baseado no filme e acabam com um Tony Hawk´s de caracóis. Tudo isto até nem seria muito mau se não tivesse o acréscimo da grande dificuldade da alguns objetivos, principalmente tendo este jogo como público alvo a pequenada.

Assim sendo é com pena que a nossa equipa dá uma nota baixa a um jogo que se fosse baseado no filme até teria um certo potencial.

      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial