Angry Birds Space
Editor rating
9.0
User rate
7.0
Global vote
8.0
Vote you too:
N/A
Release: 22/03/2012
Price: FREE

Angry Birds Space

Genres: PLATAFORMAS Producer: Rovio
Pro
  • Visual mais complexo e com mais animações
  • Jogabilidade entre gravidade e gravidade-zero genial
  • Obter as três estrelas é trabalho para muitas horas
  • Cenários escondidos são um bom extra
Con
  • Podem ser vistos alguns glicthes
  • A música durante o jogo passa um pouco ao lado
  • Conseguem passar tudo em menos de duas horas
  • Onde estão os tesouros escondidos nos cenários?

Ninguém podia adivinhar que um jogo tão simples como Angry Birds poderia ter o sucesso que tem em tão pouco tempo.

É certo que o facto de não se ter cingido a funcionar só nos dispositivos da Apple ajudou muito mas o jogo tem o seu valor.

O jogo alcançou os cerca de 700 milhões de downloads para todas as plataformas para as quais se encontra disponível. Este é um dos maiores fenómenos dos últimos anos no mundo dos videojogos.

Ora passados os primeiros anos a serie Angri Birds tinha de evoluir pois arriscava-se a tornar-se ultrapassado e perderia os seus seguidores. Foi então que decidiram explorar novos horizontes de forma a reinventar novo jogo sem perderem a sua identidade e o seu estilo pessoal.

Eis que surge Angry Birds Space, a grande parceria entre a Rovio, NASA e a National Geographic para criar um jogo ainda mais viciante, desafiante e ao mesmo tempo cientificamente pertinente.

Em Angry Birds o jogo consistia em colocar um pássaro numa fisga a atira-lo contra os porcos que se encontravam meio que protegidos no meio do cenário rodeados de objectos que dificultavam a destruição desses mesmos porcos.

O mesmo acontece com Angry Birds Space mas com uma pequena inclusão ao jogo original, a excepção dos cenários é claro, neste jogo temos a gravidade ou a ausência dela o que leva este jogo a outro nível e nos faz apurar a nossa estratégia para conseguir ajudar os pássaros a derrotar os porcos.

Estando agora os Angry Birds no espaço isso faz com que a Rovio possa explorar melhor a jogabilidade “Side Scroller”, sendo que agora se torna mais complicado disparar um pássaro da sua fisga. A gravidade zero faz com que o pássaro siga sempre em frente mas o contacto com qualquer asteróide faz com que atraia tudo o que aproxima da sua orbita como por exemplo pássaros, porcos ou até mesmo lixo espacial.

Para aqueles que já jogaram Angry Birds podem começar a imaginar todo o estilo de desafios possíveis que estas novas introduções podem trazer ao jogo.

Agora podemos atirar um pássaro para a orla gravitacional de um planeta para acertar num porco que esteja na outra ponta, ou atravessar várias orbitas em determinados ângulos para chegar ao alvo da melhor forma.

Entre clássicos e novidades, a equipa de Angry Birds continua a ter a presença do pássaro vermelho que funciona apenas como um projéctil, o pássaro azul que se divide em três e o preto que funciona como uma bomba. Quanto ao pássaro veloz, este passou de amarelo para roxo com o nome Lazer Bird e o vermelho grande ficou verde. Pelo caminho, vão conhecer um novo, o Ice Bird, um pássaro que consegue congelar superfícies e assim permitir que estas sejam destruídas com maior facilidade.
Por fim, existe o Eagle Eye, uma power-up especial que quando atirado, liberta uma águia no cenário com um efeito devastador.


Como acontece com o Angry Bird original, a nossa prestação em cada nível é medida num total de 3 estrelas, este método de avaliação fará com que voltemos aos famosos “repeat” para alcançarmos a avaliação de três estrelas.

No que toca a evolução, este jogo sofreu uma alteração significativa tanto a nível gráfico como de jogabilidade, mas nunca afectando a jogabilidade que imortalizou a serie.
Este jogo está mais trabalhado que o anterior e as diferenças são notadas nas sombras, efeitos de luz e com um design onde se arriscou muito mais tornando este jogo uma excelente continuação do jogo original.

As animações estão geniais e são em grande número. Melhor, as personagens respondem com expressões faciais a tudo o que se passa ao seu redor, mostram medo quando estão prestes a levar com um pássaro, bocejam quando um pássaro lhes passa ao lado com larga distancia…
Joguei este jogo no meu Tablet Android e posso dizer que fiquei muito satisfeito, a qualidade de imagem e fluidez do jogo são muito satisfatórias estando mesmo ao nível da versão deste jogo para PC.

Uma das coisas que nunca foi ponto alto em Angry Birds foi o da música. Tirando o tema inicial e a música que aparece após cada vitória o jogo é desprovido de qualquer tipo de música.
Algo que continua a aparecer e que já não podíamos passar sem ele é o som dos pássaros e dos porcos que não deixam de ficar no ouvido e que fazem parte do que tornou Angry Bird tão famoso a nível mundial.


No que toca a longevidade, Angry Birds Space tal como o Angry Birds original apresenta bastantes níveis, apesar de serem vários facilmente chegamos ao fim do jogo, algumas horas chegam. Mas poderão ser alguns dias se tentarem conseguir todas as estrelas em todos os níveis.
É certo que a Rovio trará algumas expansões tal como aconteceu com o seu jogo original e é por isso que dizemos que vão poder atirar mais pássaros espaciais nos próximos tempos.

Após meses afastado do vício de Angry Birds, após ter jogado alguns dos níveis de Angry Birds Space é impossível dizer que o vício não está de volta.


Esta análise foi feita num Tablet da Android.

      Sobre Nós       Jobs       Acordo de Privacidade       Estatuto Editorial