Age of Rust lança caça ao tesouro digital por mais de $2 milhões em criptomoedas

Age of Rust lança caça ao tesouro digital por mais de $2 milhões em criptomoedas

Março 23, 2021 Não Por Perplera

A SpacePirate Games estabeleceu uma parceria com o desenvolvedor de ecossistemas blockchain Enjin para lançar Age of Rust, um jogo de aventura de ação 3D onde os jogadores podem explorar um mundo digital de 250.000km2 e descobrir mais de $2 milhões em bitcoin e tokens não fungíveis (NFTs).

O desenvolvedor indie SpacePirate Games desenvolveu Age of Rust como uma caça épica ao tesouro que apresenta mecânicas de jogo de combate e stealth com uma história orientada para nPC, gráficos AAA e puzzles cripto-temáticos.
Cada jogador terá a mesma oportunidade de encontrar o prémio principal de 20 BTC (~$1.165.675 no momento da escrita) no final das três temporadas, com mais 4 BTC e 35.000+NFTs para ganhar pelo caminho.

“Acreditamos que a Era da Ferrugem não é apenas uma divertida aventura de RPG que os jogadores vão adorar, também servirá como uma grande e fácil introdução ao excitante mundo dos jogos blockchain, tal como está realmente a começar a descolar”, disse Chris LoVerme, CEO da SpacePirate Games.

“Age of Rust é um exemplo incrível de como os jogos blockchain da próxima geração podem parecer”, disse Maxim Blagov, CEO da Enjin. “A SpacePirate está a oferecer aos jogadores a oportunidade de ganhar 2 milhões de dólares de Bitcoin e Enjin Coin, juntamente com NFTs altamente funcionais que também têm milhões de dólares em valor de revenda, devido à sua incrível utilidade em todo o ecossistema blockchain.”

Em 2017, Age of Rust foi um dos primeiros seis jogos a usar Enjin para hortelã e integrar NFTs que poderiam desbloquear conteúdos em vários jogos.
Desde que se juntou à Enjin em 2018, a SpacePirate e outros desenvolvedores de jogos bloquearam quase 29 milhões de dólares em ENJ dentro de NFTs de alto funcionamento como aqueles que podem ser ganhos a jogar Age of Rust. Desde então, as NFTs captaram a atenção do público em geral.

Um pouco mais sobre o autor…

O Bruno Costa é o editor e supervisor dos conteúdos da Strong Player. É o principal editor que distribui o seu tempo entre criação de notícias, reviews e desenvolvimento de artigos com curiosidades. Gosta de uma variedade de jogos bem extensa mas a sua preferência vai para os jogos de Zombies e para jogos com um modo história envolvente. Adora jogos de ação de mundo aberto com modo multiplayer e o seu preferido é o The Division 2.