REVIEW – New Pokémon Snap

REVIEW – New Pokémon Snap

Maio 8, 2021 Não Por Perplera

Pokémon é sem dúvida uma franquia que vende facilmente e que os fãs estão sempre à espera de novidades. Desta vez chega-nos o New Pokémon Snap, um jogo onde em vez de apanharmos Pokémons, temos de os fotografar, e temos de ter em atenção que cada foto tem um valor diferente, por isso quanto melhor for o enquadramento, o foco e a posição dos Pokémons, melhor classificação terá a foto.

Esta série do jogo teve o seu primeiro título às mais de 20 anos e após vários pedidos a Nintendo anunciou este novo título em Junho do ano passado. Menos de um ano depois chega o jogo New Pokémon Snap para a Nintendo Switch e iremos poder aventurar-nos na zona de Lental. Mas avancemos para a review propriamente dita para ver se o jogo consegue corresponder às memórias que temos do jogo original ou se conseguiu mesmo superar essa experiência.

Antes de mais devo explicar o que é o New Pokémon Snap de forma a que os mais desatentos possam saber de que se trata este novo jogo da série Pokémon.

New Pokémon Snap é o sucessor do jogo Pokémon Snap que saiu originalmente para a Nintendo 64 no ano de 1999. O estilo de jogo era bem diferente do estilo original onde os jogadores caçam Pokémons por vilas, desertos, grutas e até mesmo florestas. 

Nesta série o jogador é uma espécie de fotógrafo de Pokémons que irá visitar diversos habitats de Pokémons e irá tentar capturar fotografias no seu estado selvagem.

Para além das habituais fotografias o jogador irá integrar uma equipa de exploradores que documenta todos os Pokémons e que para além disso tenta entender o que faz com que alguns Pokémons brilhem, sendo assim chamados de Illumina.

A travessia feita pelos trilhos, sejam eles lava, terra ou água, é feita num transporte autónomo de nome Neo-One que para além de transportar o jogador ainda o protege de pokémons menos amigáveis.

O jogador conta com uma câmara fotográfica futurística e a nossa personagem ainda vai descobrir mais algumas outras ferramentas que vão ajudar a interagir com o ambiente de jogo. Uma das possibilidades será a de o jogador pode atirar frutas , tal como acontecia na versão original do jogo, isso vão permitir alimentar ou irritar alguns pokémon de forma a conseguir melhores fotos. Podemos ainda tocar músicas de forma a acordar algumas criaturas e até fazer com que algumas criaturas a dançar, algo interessante para uma foto.

O jogo contém uma nova funcionalidade que nos permite interagir com os Pokémons e com o ambiente, são as Illumina Orbs e o Scaner. 

As Orbs são esferas de energia que nos permite fazer interações especiais, e terão de desbloquear estas Orbs em cada uma das zonas. Em relação ao Scaner, este permite aos jogadores descobrir informações especiais sobre o local que se encontra a explorar, como por exemplo novos caminhos ou até Pokémons que não tenha visto. O scanner também emite um sinal que pode chamar a atenção de certas criaturas, ou afastá-las.

O jogador, em cada uma das das viagens tem um número limitado de fotográficas que pode tirar, isso depende do espaço de memória disponível na máquina fotográfica. Assim que a nossa viagem termina as nossas fotos são avaliadas pelo Professor Mirror e estas vão ser classificadas. Essa classificação depende de uma data de fatores, tamanho, presença de outros Pokémon e das poses dos Pokémons.

Antigamente os jogadores tinham de gerir as fotos que pretendiam guardar no álbum, e isso era bastante frustrante pois tínhamos sempre de ver entre as fotos a que pretendíamos guardar. Mas em New Pokémon Snap as coisas foram resolvidas de outra forma para facilitar a vida dos jogadores.

Existem duas formas de colocar no álbum as fotos dos nossos Pokémons, a primeira diz respeito às classificações das fotos, existem quatro slots para cada Pokémon (classificadas por estrelas), dependendo da diferente ação que ele está a executar. Cada uma das poses é necessária para completar o álbum do Pokémon sendo que uma estrela é uma pose mais comum e quatro estrelas é uma pose mais rara.

Temos também o nível de experiência de cada um dos cenários explorados pelos jogadores. Esse nível vai aumentando à medida que os álbuns dos Pokémons vão ficando preenchidos. Quando o nível de cada habitat vai aumentando, os Pokémons nele presentes, vão ficando mais habituados à presença dos jogadores.

A jogabilidade de New Pokémon Snap é a mesma do jogo original, mas esta nova versão conta com uma nova vertente de história que é um pouco mais desenvolvida do que a do título original. Esta história explora o mistério dos Illumina, uns Pokémons que de alguma forma brilham e que os jogadores vão ajudar a descobrir porque isso acontece. Após a resolução desse mistério, vão ser desbloqueados novos desafios e novos Pokémon que vão mostrar ser verdadeiros desafios.

Conclusão…

Há muitos anos que os fãs de Pokémon pediam uma sequela de Pokémon Snap, e foi finalmente atendido esse pedido e com grande qualidade.

Este jogo vem mostrar a magia do mundo dos Pokémons e permite aos jogadores relaxarem um pouco com um jogo recheado de criaturas maravilhosas deste mundo fantasioso que eu o mundo dos Pokémons.

A Nintendo deu mais um título exclusivo a sua consola portátil que certamente agradará a um grupo muito específico de jogadores mas terá certamente o seu lugar nos títulos mais vendidos na semana de lançamento.

Assim que terminamos uma viagem seja por qual trilho for vai dar vontade de regressar e fazer de novo de forma a não querer perder nada. New Pokémon Snap tem um mundo ambiente bem divertido e cheio de vida e que irá fazer qualquer jogador querer explorar mais e mais para tirar fotos cada vez melhores para terminar os seus álbuns.

Sem dúvida um jogo Nintendo Switch que recomendo.

Nota 0/10

Positivo
  • Jogo divertido.
  • Faz juz ao jogo original.
  • Uma história interessante.
  • Incentiva à repetição, mas é agradavel.
Negativo
  • Tirar uma boa foto não quer dizer que irá receber uma boa nota.
  • A interação com as ferramentas nem sempre é clara.

Um pouco mais sobre o autor…

O Bruno Costa é o editor e supervisor dos conteúdos da Strong Player. É o principal editor que distribui o seu tempo entre criação de notícias, reviews e desenvolvimento de artigos com curiosidades. Gosta de uma variedade de jogos bem extensa mas a sua preferência vai para os jogos de Zombies e para jogos com um modo história envolvente. Adora jogos de ação de mundo aberto com modo multiplayer e o seu preferido é o The Division 2.