Videojogos cheios de bugs? Aí vem a solução

Videojogos cheios de bugs? Aí vem a solução

Junho 21, 2021 0 Por Perplera

O problema dos bugs tem atormentado desenvolvedores e jogadores desde o início dos tempos, e conforme a complexidade dos produtos colocados no mercado aumenta, a quantidade de problemas detectados também aumenta.

A Activision, editora de Call of Duty, decidiu intervir de forma relevante para atenuar as consequências que podem ser geradas por uma presença excessiva de imperfeições.

A novidade vem de uma patente destinada a um determinado uso de controladores, que seriam reprogramados para replicar uma série de situações encontradas pelos testers durante as fases de teste dos produtos.

Para dar um exemplo, no caso de um bug resultante de uma combinação de teclas num determinado momento do jogo, a solução seria “registrar” as entradas emitidas pelo pad para entender a origem do problema.

Esse expediente seria de grande ajuda para os desenvolvedores, que podem ter algum tipo de “quadro” para descobrir exatamente o que desencadeou o problema, em vez de replicá-lo manualmente. A solução pode ser útil não apenas no campo dos Shooters, mas também em produtos de plataforma como Crash Bandicoot.

A ideia da Activision é instalar uma série de microprocessadores dentro dos controladores, que podem ser programados e sincronizados conforme necessário.

Essa técnica permitiria uma precisão notável que ajudaria os insiders a resolver mais rapidamente os problemas encontrados pelos usuários.

Num jogo como Warzone, pode ser particularmente complicado monitorar bugs e falhas constantemente, um deles voltou a manifestar-se recentemente, para desespero de um grande número de fãs. E esta nova abordagem poderia ser uma ajuda enorme na resolução destes bugs

Segue todas as notícias sobre o mundo dos videojogos na Strong Player.

Segue-nos nas Redes Sociais e, Facebook, Twitter e Instagram.

Um pouco mais sobre o autor…

O Bruno Costa é o editor e supervisor dos conteúdos da Strong Player. É o principal editor que distribui o seu tempo entre criação de notícias, reviews e desenvolvimento de artigos com curiosidades. Gosta de uma variedade de jogos bem extensa mas a sua preferência vai para os jogos de Zombies e para jogos com um modo história envolvente. Adora jogos de ação de mundo aberto com modo multiplayer e o seu preferido é o The Division 2.